Hôtel des Invalides

 

Hôtel National des Invalides, ou Palácio dos Inválidos, é um enorme monumento parisiense, cuja construção foi ordenada por Luís XIV, em 1670, para dar abrigo aos inválidos dos seus exércitos. Hoje em dia, continua acolhendo os inválidos, mas é também uma necrópole militar e sede de vários museus.

Entre as personalidades ilustres lá sepultadas encontra-se Napoleão Bonaparte, assim como o coração de Sébastien Le Prestre de Vauban, ilustre arquitecto militar francês, responsável pela poliorcética francesa, o qual criou, na época de Luís XIV, uma série de fortificações militares ao reino, tornando-o impenetrável.

 

Histórico 

O rei Luís XIV precisou, tal como os seus predecessores Henrique III e Henrique IV, de assegurar auxílio e assistência aos soldados inválidos dos seus exércitos; para que “aqueles que expuseram as suas vidas derramaram o seu sangue pela defesa da monarquia (…) passem o resto dos seus dias na tranquilidade (ceux qui ont exposé leur vie et prodigué leur sang pour la défense de la monarchie (…) passent le reste de leur jours dans la tranquillité), diz o édito Real de 1670.

Situadas na planície de Grenelle, nessa época um subúrbio de Paris, as obras dos edifícios principais foram confiadas a Libéral Bruant por Louvois. Bruant concebeu uma organização em cinco pátios centrados num maior: o “pátio Real” (cour royale). Os trabalhos efectuaram-se entre março de 1671 e fevereiro de 1677, o que pode ser classificado como rápido (os primeiros pensionistas foram albergados a partir de outubro de 1674). A fachada atrás do grande pátio foi entretanto destruída, menos de um ano após a sua conclusão, para deixar espaço às fundações da grande cúpula.

A igreja inicialmente prevista por Bruant parece não ter agradado, pelo que a sua construção foi confiada, a partir de Março de 1676, a Jules Hardouin-Mansart, que trabalhava igualmente nos pavilhões de entrada e nas enfermarias. A construção do edifício religioso durou perto de trinta anos, só ficando concluída no dia 28 de Agosto de 1706, data da entrega das chaves ao Rei Sol. O edifício este, de facto, duplicou, mesmo existindo uma continuidade arquitectónica: a nave constitui a igreja dos soldados (église des soldats), sendo o coro, sob a cúpula, qualificado como igreja da cúpula (église du dôme). Esta distinção foi posta em prática, em 1873, através de uma grande claraboia separando as duas partes.

O Hôtel des Invalides compreendia, então, outra igreja, uma manufactura (confecção de uniformes e tipografia), um asilo (“casa de retiro” – maison de retraite) e um hospital militar. As oficinas iniciais foram rapidamente abandonadas para servir de quartos suplementares.

No dia 15 de Julho de 1804 teve lugar na capela dos Invalides a primeira entrega das condecorações da Legião de Honra, por Napoleão Bonaparte, aos oficiais meritórios, numa faustosa cerimónia oficial.

O edifício foi dotado desde muito cedo de funções museográficas: museu da artilharia em 1872 e museu histórico dos exércitos em 1896, reunidos como museu do exército (musée de l’armée) em 1905.

O Hôtel des Invalides ainda acolhe presentemente uma centena de reformados e inválidos dos exércitos franceses. A administração encarregada desta missão é o Instituto Nacional dos Inválidos (Institut national des invalides).

 

Primeira entrega das condecorações da Légion d’honneur no Hôtel des Invalides pelo imperador Napoleão Ipor Jean-Baptiste Debret,Palácio de Versalhes
Estátua de Napoleão no Pátio de Honra

Governadores dos Invalides 

  • Prévôt general Lemaçon, senhor de Ormoy, governador: 1678
  • Blanchard, cavaleiro de Saint-Martin de Taley, governador: 1696
  • Des Roches d’Orange: 1705
  • Boyveau: 1728
  • Beaujeu de Jauges: 1730
  • De Vissec de Ganges: 1738
  • Marnais de la Bastie, cavaleiro de Saint-André: 1742
  • Cormier de la Courneuve: 1753
  • Azémar de Pannat de La Serre: 1766
  • Tenente general Sahuguet d’Espagnac: 1783
  • Tenente general de Guibert: 1786
  • General Jean-François Berruyer: 1804
  • Jean Mathieu Philibert Sérurier: 1819
  • Maréchal de François-Henri de Franquetot de Coigny: 1821
  • Maréchal Jean-Baptiste Jourdan: 1833
  • Tenente general Charles-Marie Denys de Damrémont: 1837
  • Marechal Bon Adrien Jeannot de Moncey: 1842
  • Marechal Nicolas Charles Oudinot: 1847
  • Marechal Gabriel Jean Joseph Molitor: 1849
  • General Arrighi de Casanova: 1853
  • Marechal Philippe Antoine, conde de Ornano: 1863
  • General conde de Martimprey: 1883
  • General Sumpt: 1891
  • General Arnoux: 1902
  • General Mariaux: 1944
  • General Rodes: 1951
  • General Jacques de Grancey: 1973

 

Palácio dos Inválidos
Hôtel National des Invalides

Vista aérea do Hôtel des Invalides

FONTES:

Horas de Abertura

Segunda-Feira

-

Terça-Feira

-

Quarta-Feira

-

Quinta-Feira

-

Sexta-Feira

-

Sábado

-

Domingo

-

Endereço

O Nosso Endereço:

Hôtel des Invalides, Paris

Deixe uma Avaliação

Beleza
Valor Histórico
Acesso
Services
Valor
A Publicar ...
A sua classificação foi enviada com sucesso
Por favor preencha todos os campos