Museu Guimet, ou Museu Nacional de Arte Asiática, é um museu de Paris dedicado à preservação, estudo e divulgação de um vasto acervo de artearqueologia e etnografia do Oriente.

O museu foi idealizado pelo industrial Émile Guimet (18361918), e formado em torno das peças por ele colecionadas em suas viagens pelo EgitoGrécia e Ásia. A coleção foi aberta ao público inicialmente em Lion, em 1879. Mais tarde foi construída uma sede em Paris, inaugurada em 1889, e o acervo foi para lá transferido.

Originalmente concebido para focalizar a história das religiões da antiguidade, Guimet passou a deslocar sua atenção para outros aspectos das civilizações asiáticas a partir de uma série de expedições arqueológicas e etnográficas enviadas para vários locais do Extremo Oriente pelo Louvre e pelo antigo Museu Indochinês do Trocadéro.

A partir de 1927 o museu passou para a administração estatal, e recebeu grandes coleções de objetos coletados no decurso de grandes expedições à China e Ásia Central, lideradas por Paul Pelliot e Edouard Chavannes, e também recebeu as peças originalmente instaladas no Museu Indochinês. Também nesta época o acervo foi muito ampliado com importantes coleções conseguidas pela Delegação Arqueológica Francesano Afeganistão. Estes acréscimos obrigaram a uma reforma nas instalações do museu no final da década de 1930.

De 1945 em diante, com a completa reorganização das coleções nacionais francesas, o Museu Guimet transferiu suas peças egípcias para o Louvre, e em troca recebeu toda a coleção do extinto Departamento de Arte Asiática. Desde esta época o museu adquiriu uma reputação mundial pela riqueza de seu acervo, e entre 1954 e 1965 passou a intensificar suas atividades de pesquisa, ampliar sua biblioteca e seus arquivos fotográficos.

Neste ínterim, em 1960, o prédio do museu passou por nova reforma a fim de acomodar a coleção sempre em expansão e abrir espaço para salas administrativas, reformulando toda a decoração interna. Em 1991 foi aberto um anexo na Avenida Iéna 19, o Panteão Budista, com uma seleção de obras coletadas pelo próprio Guimet. Seguiu-se a isso um programa de extensas adaptações no prédio principal, empreendidas entre 1993 e 1996, que tornaram o Museu Guimet um dos principais centros mundiais de pesquisa e conhecimento sobre as culturas do oriente.

Além das exposições temporárias e permanentes de seu acervo próprio, o Museu Guimet abre espaço para coleções convidadas, oferece ciclos de palestras e cursos, recitais de músicadança e teatro, retrospectivas cinematográficas e uma série de outras programações culturais.

 

FONTES:

Horas de Abertura

Segunda-Feira

-

Terça-Feira

-

Quarta-Feira

-

Quinta-Feira

-

Sexta-Feira

-

Sábado

-

Domingo

-

Endereço

O Nosso Endereço:

6 Place d'Iéna, 75116 Paris

Deixe uma Avaliação

Beleza
Valor Histórico
Acesso
Services
Valor
A Publicar ...
A sua classificação foi enviada com sucesso
Por favor preencha todos os campos